quinta-feira, 5 de novembro de 2009

AMBULÂNCIA E GARAGEM

Decorrem em bom ritmo as obras na  futura garagem para a ambulância adquirida pela Junta de Freguesia do Rosmaninhal, que novinha em folha espera para ficar na sua nova residência, pronta para servir os Rosmaninhenses.
A garagem fica situada no Espírito Santo, junto da capela com o mesmo nome, e é uma bonita obra. Pena é os postes eléctricos, não seria possivel remove-los?

Está de parabéns a Junta e o povo do Rosmaninhal.

9 comentários:

Maria Emília Malcata Valentim disse...

Olá Mário,

Finalmente uma coisa certa para um lugar certo. E agora, Mário, o Rosmaninhal já tem Farmácia? Quando eu era pequenina havia uma no Arrabalde perto da minha avó, mas mais tarde acabaram com ela. Se tiverem envia uma foto. Até sempre.
Maria Emília

Anónimo disse...

parabens a junta de freguesia do rosmaninhal pela aquisicao da viatura... facil foi adquirir a viatura agora vamos ver quem vai assegurar o serviço e quem vai dar a formaçao visto k isto e uma viatura para transporte de doentes e é preciso pessoas credenciadas para o fazer e sera k os serviços k esta vila tem justifica uma viatura destas e os gastos feitos para a manter? e quem paguera os ordenados e combustiveis manutencoes e etc...!?? boa sorte para o bom funcionamento desta unidade movem de socorro pre hospitalar...

Anónimo disse...

Porque será que nas juntas Socialistas, assim como os Municípios, existe aversão á iniciativa privada. Já alguém pensou os custos envolvidos numa operação destas. Alguém pensou, ou pelo menos tentou saber, quanto é que custava um serviço destes em outsourcing.
Não quero dizer com isto, que a população do Rosmaninhal não mereça o serviço. Bem pelo contrario. Os custos quer financeiros, quer operacionais são de tal forma elevados,
que antes de se tomarem opções destas ,deveriam ser muito bem pensados.
Junto ao comentado também as oficinas móveis , bibliotecas e saúde móvel que por ai andam.

Anónimo disse...

Que grande tachão isto nao vai ser.
AH isto nao é uma mbulancia para transporte de doentes, mas sim para socorro, é uma diferença sunstancial..
Enfim é o pais que temos uns com tanto outros com tao pouco.
Esta viatura vai passar mais tempo dentro destas 4 paredes do que a ser util pa população.

Anónimo disse...

Não entendo tanta oposição nos comentários anteriores á ambulância(ou é ao PS?). Costuma dizer-se que uma vida não tem preço, e se esta ambulância salvar uma só vida que seja, mesmo que não seja a minha, terá sido dinheiro bem empregue.
Francisco Pinheiro

Anónimo disse...

Subscrevo o o comentário do senhor Pinheiro, mas devo de me interrogar como será e por quêm será gerido o serviço desta ambulância de Socorro?! Irá fazer só emergência pré hospitalar ou tambem fará serviços de consulta etc?! Com quantas pessoas trabalhará?! a lei obriga a que seja um motorista e um tripulante devidamente credenciado pelo INEM!
Serão os bombeiros a assegurar o serviço? Funcionará só de dia (o que seria um erro crasso) ou estará disponivel 24 horas?
A viatura será sem dúvida uma mais valia para a área do Rosmaninhal que se encontra isulada e distante da sede de Concelho, mas convem que as coisas sejam feitas corretamente e não só para inglês ver! Por uma ambulância na freguesia não foi tarefa difissil mais complicado será mantela operacional e eficaz 100% durante 24 horas, 365 dias do ano!
Faço votos para que esta aposta seja um sucesso!

Anónimo disse...

ESPERO QUE A AMBULANCIA NAO SEJA
PARA PASSEAR AS FORCAS VIVAS DA
FREGUESIA EM VEZ DE FAZER O SERVICO
PARA O QUAL ESTA DESTINADO

MC disse...

A demora na chegada da ambulância prometida pela Junta de Freguesia ao povo do Rosmaninhal, está a deixar algumas pessoas intrigadas. Mesmo hoje recebi um comentário sobre essa demora, só não o publico por no texto implicitamente estarem identificadas pessoas. Mais uma vez apelo para quem comente sobre pessoas que o faça de forma identificada. Cada um tem que ser responsável pelo que afirma.

João Nuno disse...

Boa Tarde Mário
Segundo sei, e pelos comentários que me chegaram, supostamente um dos postos de trabalha criados pela disponibilização dessa viatura para o serviços da população, seria para mim, como penso que foi dito a boca cheia na freguesia. Porém, e por terem medo de alguma coisa, ou de vozes mais sensatas nunca me foi proposto nada, e terão acontecido inúmeras circunstâncias que fazem com que neste momento não esteja nem em condições nem com disponibilidade para tal projecto. Não por mim, pois apesar de poder ser acusado de muita coisa, assim como a minha família, sempre estivemos e estarei disposto a dar o conformo que me for permitido a quem mais precisar. Tenho imensa pena que a minha vida tenha tomado um rumo diferente, sendo forçado a abandonar a minha terra, não de registo e em papel mas no coração.
Lamento informar, mas a decisão de tudo isto passa directamente por quem tem as responsabilidades politicas locais, pois como é do conhecimento o presidente da AHBV Idanha-a-Nova é também presidente do município. Lamento informar, mas mais uma vez acho que toda a população foi enganada, com o objectivo supremo de ganhar eleições em vez de se ter em conta as necessidades das pessoas, ou mesmo procurar criar desenvolvimento para as nossas terras.
Lamento Informar, mas o Concelho de Idanha-a-Nova não é mais que o eixo Proença-a-Velha/Monsanto/Termas. Todas as actividades nas outras localidades não é mais do que uma tentativa de calar a Boca a quem ainda tem boca e olhos para enxergar.